UFCG / CSTR - Campus de Patos - PB

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE

    CENTRO DE SAÚDE E TECNOLOGIA RURAL

 

   . Apresentação

   . Área de Concentração

   . Alunos

   . Calendários

   . Coordenação

   . Disciplinas

   . Dissertações

   . Docentes

   . Documentos

   . Doutorado

   . Downloads

   . Linhas de Pesquisa

   . Mestrado

   . Regulamento

   . Seleção

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Apresentação

 

O Programa de Pós Graduação em Medicina Veterinária foi criado em 2003, oferecendo o curso de Mestrado em Medicina Veterinária de Pequenos Ruminantes, que, posteriormente, no ano 2007, passou a ser Mestrado em Medicina Veterinária de Ruminantes e Equídeos. Em 2008 foi criado o Doutorado e o Programa passou a ser designado como Programa de Pós Graduação em Medicina Veterinária (PPGMV), que incluiu a Medina Veterinária de animais de companhia e começou a funcionar em 2009. O programa iniciou com conceito 3 da CAPES e, na sua primeira avaliação trienal, em 2007, passou para conceito 4.

   Os principais objetivos do programa são:

  • Treinamento e formação de pessoal altamente capacitado em saúde e produção animal no semiárido e em doenças de animais de companhia e fixação desses recursos humanos na região.

  • Produzir conhecimentos que permitam solucionar os problemas limitantes para o desenvolvimento da produção animal na região semiárida do Brasil.

  • Promover alternativas produtivas para a produção de alimentos e renda na região, assim como para a conservação do meio ambiente através de um manejo sustentado da caatinga.

  • Formar pesquisadores e profissionais com uma visão interdisciplinar que possam contribuir para o controle das enfermidades, assim como para a adoção de sistemas de produção sustentáveis, visando o aumento da produção e da produtividade na região semiárida.

  • Promover e consolidar a integração com outras instituições que desenvolvem pesquisas em ruminantes e equídeos no semiárido.

  • Apoiar os programas de difusão tecnológica, voltados para a realidade do semiárido, transferindo os conhecimentos aos produtores rurais, contribuindo para a promoção do desenvolvimento socioeconômico da região.

 

      Para cumprir com esses objetivos o PPGMV conta com 13 Docentes Permanentes e quatro Docentes Colaboradores, alem de um Hospital Veterinário com uma clínica de grandes animais e outra de animais de companhia e diversos laboratórios incluindo patologia, patologia clínica, microbiologia, biologia molecular, doenças transmissíveis, tecnologia e inspeção de leite, epidemiologia, virologia, toxicologia, nutrição animal e bioclimatologia.

Atualmente o PPGMV conta com 40 alunos de Mestrado e 16 de doutorado, sendo 21 bolsistas de mestrado (CAPES, CNPq, REUNI, edital do CNPq) e seis bolsistas de doutorado (CAPES, REUNI e CNPq).

      Uma das características mais importantes do PPGMV é que está voltado, prioritariamente, para o conhecimento dos problemas da região e tem colaborado com a solução de problemas sanitários e produtivos da pecuária do Nordeste. A grande maioria das dissertações tem o objetivo de estudar as enfermidades da região e os alunos mediante a participação nas atividades de rotina das clínicas e dos laboratórios entram em contacto com essa realidade e aprendem a procurar soluções, além disso, fazem visitas permanentes as fazendas e conversam com os produtores em um processo onde a indissociabilidade da pesquisa-ensino-extensão é prioritária.   

Atualmente os docentes do programa, cinco dos quais são bolsistas de pesquisa do CNPq, contam recursos de diversos projetos aprovados em diferentes agências de fomento.

 

 

Principal | Links | Contatos